Carregando...
JusBrasil - Política
24 de abril de 2014

MEU SONHO, MINHA CASA - Sorteio das casas atrai 15 mil ao Abreuzão

Publicado por Prefeitura Municipal de Marília (extraído pelo JusBrasil) - 3 anos atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM

O sorteio das primeiras 604 casas populares do Programa “Meu Sonho, Minha Casa”, desenvolvido em parceria da Prefeitura de Marília com o Governo Federal, atraiu cerca de 15.000 pessoas ao estádio municipal Bento de Abreu Sampaio Vidal (Abreuzão), no último domingo (26) pela manhã - no geral, o programa irá construir mais de 9.100 unidades residenciais.

Nem a chuva que caiu desde a madrugada diminuiu o entusiasmo das pessoas, que ficaram até o final do sorteio. Num clima de harmonia total, antes mesmo do início do sorteio, as pessoas deram-se as mãos e fizeram a oração do Pai-Nosso.

Foram sorteadas as casas para os empreendimentos nos bairros Rubens de Abreu Izique (Altos da Nova Marília, com 246 casas e Jardim Trieste Cavichiolli (Padre Nóbrega) com 358 casas. As unidades são para as famílias com renda de zero a 2,5 salários mínimos (R$ 1.395,00, na época do lançamento do programa).

O prefeito Mário Bulgareli compareceu e acompanhou o sorteio das casas. Pouco antes do início, falou sobre a parceria com o Governo Federal e o objetivo da administração de reduzir o déficit habitacional da cidade, sendo muito aplaudido pelas pessoas.

“Estou muito satisfeito em estar aqui e poder presenciar esse momento importante da nossa cidade. São mais 604 famílias que estão realizando o sonho da casa própria e estamos trabalhando para isso. O programa superou as expectativas em Marília. Em princípio seriam 5.000 casas e agora já estamos com quase 10.000 casas para serem construídas. Demos incentivos às construtoras para virem até Marília e também isentamos o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) destas famílias beneficiadas durante dez anos. A casa própria melhora a autoestima, traz ainda mais dignidade. O objetivo maior da nossa administração é sempre trabalhar para melhorar a vida das pessoas”, disse o prefeito Mário Bulgareli.

O sorteio seguiu religiosamente a lei federal e a determinação da própria Caixa Econômica Federal e do próprio Ministério das Cidades, priorizando famílias residentes em áreas de risco, famílias com mulheres responsáveis pelo domicílio e idosos. Logo depois, houve também o sorteio geral, que englobou todos os inscritos.

A primeira contemplada foi Rita Maria do Amaral Santos, de 78 anos, moradora no bairro Santa Antonieta, zona norte da cidade. Ela tem cinco filhos, não compareceu ao estádio, mas a filha Emídia Maria da Silva estava presente e ficou muito feliz. “Sinceramente não acredita que a minha mãe fosse sorteada. Estou muito feliz por ela e não veja a hora de poder avisá-la de que foi sorteada. Certamente ficará muito contente.”

Outra beneficiada foi Tamires Barbosa Afonso, que estava no Abreuzão. “Estava na arquibancada e gritei para as pessoas darem uma mexida na urna. Elas mexeram e o primeiro nome que saiu depois disso foi o meu. Estou muito feliz, pois resido num tipo de favela em Padre Nóbrega e a casa que ganhei também fica em Nóbrega, bem próxima do local onde moro.”

As casas, que foram sorteadas no último domingo, têm 38 metros quadrados de construção, sendo que a prestação será de R$ 50,00 para quem ganha até um salário mínimo durante dez anos. No final, o beneficiário pagará R$ 6.000,00. O custo total da casa é de R$ 42.000,00, sendo que o restante ficará sob a responsabilidade do Governo Federal. As casas de Padre Nóbrega estarão prontas até dezembro deste ano, e as da Nova Marília até fevereiro de 2011.

A relação das pessoas sorteadas, bem como daquelas que estão na lista de espera, está disponível no site da Prefeitura de Marília (www.marilia.sp.gov.br), na ícone Meu Sonho, Minha Casa. Há disponível também a relação dos documentos necessários para serem entregues entre os dias 27 de setembro e 1 de outubro, das 8h30 às 17h, no Espaço Cultural “Ezequiel Bambini”, localizado na avenida Sampaio Vidal defronte aos Correios. Os candidatos sorteados que não apresentarem a documentação no prazo acima estipulado serão automaticamente considerados desabilitados.

Foto: Mauro Abreu

0 Comentários

Faça um comentário construtivo abaixo e ganhe votos da comunidade!

Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula.

ou

Disponível em: http://pref-marilia.jusbrasil.com.br/politica/5927906/meu-sonho-minha-casa-sorteio-das-casas-atrai-15-mil-ao-abreuzao